02 fevereiro 2009

Tag da mesa de cabeceira



Esta é a minha. Devo dizer, no dia da foto, porque ela sempre muda. Mas os itens sempre presentes são a luminária com contas para dar um ar romântico (elas estão tortas porque foi feito por mim!), flores - não vivo sem elas, livros, papéis para escrever pensamentos, relógio e uma caixa de papel de lenços para eventuais crises de choro.
É... a mesa de cabeceira diz muito sobre a pessoa.
Passo o post adiante e quero saber como é a de:
Hellene, Lígia, Carol e Clarinha.

7 comentários:

Clarinha disse...

Karin, vou ter que confessar...eu não tenho uma mesa de cabeçeira! rsrs
Morando numa república, com espaço disputadíssimo,quase impossível. Mas...posso dizer o que me acompanha sempre: o celular - porque mamãe, papai e as sobrinhas moram longe - e livros, sempre no plural.
Assim que recuperar meu sagrado direito de ter uma mesa de cabeceira, vão estar lá também: flores,e um porta retratos com as sobrinhas da tia mais coruja do mundo!

Um abraço, e meu carinho!

Hellene Louise disse...

Adorei o post!
A cabeçeira do meu quarto é monopolizada pelo maridão :( E é improvisada, na verdade, é um arquivo de documentos que ficava no apê antigo.
Nela temos: Abajur, rádio-relógio, o livro q ele está lendo, homeopatia e nas gavetas muitos papeis bagunçados.
A minha "cabeçeira de verdade" (se é q posso dar esse nome..rs)é uma bolsa velha de praia que fica no mancebo do meu lado da cama, dentro dela tenho: livros, meu floral, homeopatia, prendedores de cabelo (muitos!) e o meu despertador portátil (celular).
Estou batalhando pelo direito da cabeçeira própria...vou copiar as flores!
Beijos

Cláudia disse...

Muito curioso!
Pensei em fazer listas, dos objectos sobre a mesa de cabeceira, de amigos, em 1991...
e já agora, mas ainda em experiência...
http://paintplate.blogspot.com/
beij
Cláudia

Javier B disse...

Eu me pergunto: quais são os títulos dos livros? Detective privado ...
O parque budista é uma grande maravilha.

Beijos

Karin disse...

Obrigada pelas respostas meninas, adorei saber disso!!!
Quantos aos livros do momento:
Caderno H - Mario Quintana( poemas)
Transforme sua vida - G. K. Gyatsu (budismo)
Mamãe eu quero - Sonia Hirsch (alimentação infantil)
Alma Imoral - Nilton Bonder (psicologia)

Lígia disse...

Karin,
Amei ser lembrada. :)
Confesso que ter duas mesinhas de cabeceira é meu sonho de consumo.
Ao lado de minha cama, a fiel cadeira de balanço que amamentei meus quatro filhos e um filhote de leite também, que no momento, está com uma almofada que confeccionei em tricot marrom, toda peluda, parecendo um lobo, da cor da cadeira, na cor marrom, de palhinha.

Enquanto as mesinhas não chegam, temos aqui muito a contra-gosto, uma mesa marrom escura, de computador :((, que é sempre motivo de altos protestos...:((, que contém:

Um porta-caneta com uma rosa de papel feita pelo caçula e uma flor em um palito, sorridente, também feita pelo mesmo, vermelha;

Um celular eternamente desligado, encapado com uma meinha verde, de sapo sorridente/frente e muitas carinhas sorridentes/verso.

Um livro de Enga. grosso que serve como suporte para o micro, que contém sobre o mesmo: um papai noel vermelho que ganhei de uma amiga no natal (ainda não o guardei), vários (8, meu número preferido, coincidentemente) Garfield sorrindo, cortados de cadernos que foram reciclados as folhas não utilizadas para este ano. Engraçado que também não os encaminhei para um local melhor que ficar abaixo de um micro, rsrs. Ao lado do Garfield e do papai noel tem um casal de macaquinhos abraçados, que ganhei de um colega de trabalho.

Livro à direita, esperando, livros em frente, à direita, esperando, com duas agendas e dois cadernos em cima destes últimos e livros à esquerda (pilha maior).

Todos aguardando oportunidade para juntar-se aos demais da casa.

São eles:

- Alves$Cia/Epça de Queiroz (amiga emprestou, chegou de viagem neste instante, de Minas);
- Grande Sertão: Veredas/João Guimarães Rosa (amiga de minha filha emprestou, pra ser lido até próxima semana);
- Medo líquido/Zygmunt Bauman, meu, praticamnte lido;
- A cidadania negada/Pablo Gentili, lendo;
- 50 contos de Machado de Assis, lendo;
- Ensaio sobre a cegueira/José Saramago, presente de minha filha;
- Dom Casmurro/Machado, pois estava estudando na comunidade;
- Capitu mandou flores/Machado/outros,
- Vigiar e punir/Michel Foucault;
- História da Educação no Brasil/Otaíza Romanelli;
- Um padre em 1839/Júlio Verne, peguei de olho grande da escrivaminha de meu filho;
- 14 livros a direita, não vou especificar;
- uma fita "por uma vida sem violência".
- Os Mestres de Rousseau;
-A Globalizaçãoe as ciências sociais;
-A filha do canibal/Montero, Rosa;
- Mulheres que correm com os Lobos;

Bom, pretendo ler todos até o retorno das aulas, que é na próxima semana. :((

Ah, dois óculos, um em uso e outro não (direita/esquerda).

Nossa, descobri:

- tenho gula por livros;
- preciso arrumar esta mesa de computador;
- sou detalhista.

Beijos!

Se puder, tiro uma foto desta mesa confusão e quanto tiver minhas mesinhas novas se ainda existir esta ferramenta chamada blog, mando para você.

Uma impressora aberta aguardando para scanear o livro que me olha:HISTÓRIA DO REI TRANSPARENTE/Rosa Montero.

Um dos melhores livros que já li em 2008.

Beijos!

Carolina Arêas disse...

Xi, só vi agora!!

Adorei, vou fazer!

Beijos.