13 julho 2009

Beleza roubada


Eu colho flores pelas ruas, na vizinhança, nos arbustos, nos canteiros... e chego em casa feliz da vida. O marido ri e me repreende, dizendo que eu, na verdade, as roubo e faz questão de me lembrar de que não estou vagando pelos campos da Provence.
Ainda assim, insisto nesse hábito, afinal, os homens caçadores por natureza nada entendem sobre isso. Eles se preparam, se armam, miram no seus objetivos e voltam para casa. Já nós mulheres éramos e somos coletoras, saíamos por aí catando frutos, raízes e folhas para alimentar a prole e certamente sabe-se lá mais o quê para enfeitar nossas cavernas, ou aquela pele de mamute surrada que vestíamos.
Isso explica o etológico prazer que as mulheres têm em fazer compras, escolher produtos e admirar as coisas.
E assim, completamente em paz com o arquétipo feminino que me une as minhas irmãs de Neanderthal, sigo colhendo flores por São Paulo, sem culpa alguma!

9 comentários:

Clarinha disse...

Karin, só você pra dar um ar tão divertido à essa metrópole...rsrs
Sonhei contigo outro dias, e tua casa era uma verdadeira chácara enorme e cheia de verde epaz, no meio de São Paulo. E veja só, mais insólito ainda, você me contou do seu parto e ele tinha sido feito em casa!!!
Coisas que não se explicam...
Beijos!!!

Anônimo disse...

Tá certíssima. Talvez por ser mulher eu seja parcial. Talvez nao. Certo ou errado, que ficou bonito o arranjo nessa garrafa azul,isso ninguém pode negar.
Moro na Suíça e aqui há flores por todos os lados, isso tb torna o País encantador. Isso faz uma diferença enorme.Confesso que já tive inúmeras vezes vontade de "roubar a beleza" dos jardins. E que beleza!
Jardins lindos assim é uma das coisas que eu desejo para o nosso Brasil. Eu a vejo plantando sementes, despertando nos coraçoes de quem a lê, a vontade de cultivar o hábito das flores em casa. Acho que já é um bom começo...
Obrigada por compartilhar momentos bonitos conosco.
Adriana

Cláudia disse...

lindo texto!
bj
cláudia

Karin disse...

OBRIGADA Clara, Adriana e Claudia!!!
Vamos sair por aí colhendo e trazendo coisas boas para nossas casas...
Clara, esse sonho tem bons presságios hein?
beijos

Clarinha disse...

Ah...agora fiquei curiosa! Sou muito ignorante em entendimento de sonhos...rsrs
Me conta o que você achou?

Beijooos!

tita disse...

Ahh, ficou fofo! Tã simples e tão bonito!!
=)
Adoro flores!

Thá disse...

Karin obrigada por responder o email sobre chás e com ctz experimentarei as dicas. Adorei o seu blog. Pode ter ctz que serei uma seguidora. Beijos

Carolina Arêas disse...

Amei!

A foto parece tirada da Bons Fluidos.

A primavera aqui é deslumbrante e quem cata flores pelo caminho e traz pra mim é meu filho.

Vou ensinar pro F. fazer o mesmo um dia! ; )

Gilmara disse...

Karin...cheguei no seu blog pela matéria no Personare. Também sou da turma da Regina Favre (AE10). Sabe, um ufa por esse texto das flores, rss. Também tenho o hábito de flertar com elas em encontros pelas ruas e matas e acabo sempre carregando alguma no colo.

Beijos floridos pra ti.